X SEMINÁRIO NACIONAL DA CÁTEDRA SÉRGIO VIEIRA DE MELLO

ENTRE HOSPITALIDADE, HOSTILIDADE E RESISTÊNCIA: QUESTIONANDO FRONTEIRAS, CATEGORIAS E DILEMAS DA MIGRAÇÃO FORÇADA NA AMÉRICA LATINA

11, 12 e 13 de setembro de 2019 | Rio de Janeiro

Introdução

Tendo um caráter inerentemente interdisciplinar, interdepartamental e interinstitucional, o
10º Seminário Nacional das Cátedras Sérgio Vieira de Mello (CSVM) – ACNUR é organizado e coordenado conjuntamente pelas quatro CSVM fluminenses, a CSVM da PUC-Rio, a CSVM da UERJ, a CSVM da UFF e a CSVM da Fundação Casa de Rui Barbosa, e tem como tema central as tensões e questões entre hospitalidade, hostilidade e resistência, a partir de uma perspectiva crítica que visa questionar e repensar fronteiras, categorias e dilemas da migração forçada na América Latina.

Por quê o seminário?

São no mundo cerca de 68,5 milhões de pessoas sob mandato do ACNUR, sendo 25,4 milhões refugiadas. Dessas, mais de 10 mil foram reconhecidas no Brasil, concentradas em Rio e SP. A elas, acrescem-se outras dezenas de milhares de migrantes em situação de vulnerabilidade, exemplificadas pelos haitianos (que passam a chegar no Brasil em 2010, como consequência do terremoto e da catástrofe humanitária que a ele se segue) e atualmente os cerca de 150 mil venezuelanos que já cruzaram as fronteiras terrestres ao norte e começam a chegar nos centros urbanos, inclusive no Rio de Janeiro, desde 2017.

Diante de um contexto cada vez mais marcado pela reafirmação de muros, fronteiras e nacionalismos, pelo recrudescimento de políticas e práticas xenófobas e racistas, bem como pelo fortalecimento de um conjunto de discursos e práticas de inimizade e securitização no mundo, na região e no Brasil, o evento interinstitucional proposto aqui pretende discutir três grandes questões, a da hospitalidade, a da hostilidade e a da resistência, bem como as relações e tensões entre elas, a partir de um conjunto de reflexões que questionem, de modo plural e interdisciplinar, as fronteiras, as categorias e os dilemas da migração forçada na América Latina, e, mais especificamente, no e a partir do Brasil. Dessa forma, o seminário se justifica também em razão de sua natureza ético-política, humanista, preocupada com a hospitalidade, o acolhimento e a proteção de populações migrantes e refugiadas mais vulneráveis na região e no país.

Programação

No primeiro dia, dia 11 de setembro, as atividades serão abertas em Botafogo (RJ), com uma cerimônia de abertura que tomará lugar na Fundação Casa de Rui Barbosa às 18hs.

No segundo dia, dia 12 de setembro, as atividades serão realizadas na PUC-Rio, painéis públicos, rodas de conversas em temas específicos e um cineclube com apresentações de filmes e documentários de curta-duração.

No terceiro dia, dia 13 de setembro, as atividades serão novamente realizadas na PUC-Rio, painéis públicos, rodas de conversas, sarau musical e conferência de encerramento dedicada à questão indígena no âmbito da hospitalidade, hostilidade e resistência na América Latina.

Concurso 2019

O V Concurso Nacional de Teses de Doutorado e Dissertações de Mestrado da Cátedra Sérgio Vieira de Mello (CSVM) – 2019, em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), tem por objetivo incentivar a produção intelectual por meio de pesquisas, reflexões e discussões sobre a questão das pessoas refugiadas, deslocadas internas, apátridas, refugiados ambientais e outros migrantes forçados em toda a comunidade acadêmica brasileira.

Serão avaliadas teses de doutorado e dissertações de mestrado acadêmico ou profissional defendidas no Brasil, perante Banca Examinadora em Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu entre 16 de agosto a 30 de agosto de 2019, em qualquer área do conhecimento.

Poderão participar doutores, mestres, ou alunos de pós-graduação stricto sensu cujos trabalhos tenham sido defendidos e aprovados perante banca examinadora de Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu no Brasil, no período definido neste edital.

Edital Completo

O ACNUR e a CSVM

Desde 2003, o ACNUR implementa a Cátedra Sérgio Vieira de Mello (CSVM) em cooperação com centros universitários nacionais e com o Comitê Nacional para Refugiados (CONARE). Ao longo dos anos, a Cátedra tem se revelado um ator fundamental para garantir que pessoas refugiadas e solicitantes de refúgio tenham acesso a direitos e serviços no Brasil, oferecendo valioso apoio ao processo de integração local.

A Cátedra, como seu nome indica, é uma homenagem ao brasileiro Sérgio Vieira de Mello, morto no Iraque naquele mesmo ano e que dedicou grande parte da sua carreira profissional nas Nações Unidas ao trabalho com refugiados, como funcionário do ACNUR.

Saiba Mais

Organização

                                                         

 

Apoio

                  

 

 

 

 

Comissão Organizadora

Prof. Roberto Vilchez Yamato (CSVM PUC-Rio), Prof. Florian Hoffmann (CSVM PUC-Rio), Profa. Ariane Paiva (CSVM PUC-Rio), Profa. Ana Karina Brenner (CSVM UERJ), Profa. Ângela Magalhães Vasconcelos (CSVM UFF) e Prof. Charles Matheus Pontes Gomes (CSVM Fundação Casa de Rui Barbosa).